SITE     OFICIAL DA SÉRIE DE LIVROS  Caio Zip, o viajante do tempo.     AVENTURA          AÇÃO     FATOS    PERSONAGENS      HISTÓRICOS   E  ENIGMAS    MATEMÁTICOS.

 

   

   

 

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

  

 

  

     

     

Oficial alemão

Fritz Julius Lemp

  

   

    

 

 

Os U-boats eram submarinos alemães que eram os que mais dependiam da máquina Enigma para sua estratégia, denominada Alcatéia de Lobos. Essa tática consistia em fazer um cerco aos comboios que trafegavam no Atlântico Norte (Batalha do Atlântico) e daí atacar a presa com o auxílio da comunicação codificada fornecida pela Enigma. Os Aliados, desesperados com a perda crescente de toneladas de embarcações, faziam de tudo para obter a máquina e especialmente seus livros de códigos, do outro lado, os nazistas se empenhavam em proteger o seu maior trunfo a qualquer custo.

                                               

  9 de maio de 1941       

                                               
O U-boat 110 em sua segunda patrulha, sob as ordens do capitão Fritz Julius Lemp, tinha atacado uma escolta, junto com o outro submarino U-201 (comandado por Adalbert Schnee), quando Lemp deixou seu periscópio a vista na superfície por muito tempo (provavelmente para confirmar uma matança, pois ele afundara dois navios). A escolta HMS Aubretia notou isto e apressada foi logo ao ataque soltando cargas de profundidade.

 


O U-110 sobreviveu aos primeiros ataques, entretanto o HMS Buldogue e HMS Broadway chegaram e se juntaram a caça. O U-110 foi forçado pelo Buldogue a vir à tona. Imediatamente o navio inglês foi para cima do submarino ferido num curso de colisão. O submarino tentou escapar. O comandante inglês prosseguiu com seu plano. Abandonar!- gritou o comandante Lemp vendo que não havia mais chances de escapar. Todos mergulharam no mar revolto. Lemp imaginou que os segredos que estavam no submarino seriam destruídos quando o seu submarino afundasse. Ele nadou para longe se juntando aos seus homens. Mas... Ao olhar para trás... seu rosto se empalideceu ao constatar que o seu resistente U-boat permanecia na superfície. Desesperado, começou a nadar de volta temendo a captura dos segredos... Esta foi a última visão que os comandados de Lemp tiveram. Muitos dizem que ele foi atirado na água por um marinheiro britânico, mas isso não deve ser toda a verdade.


Os britânicos do Buldogue entraram no U-110, vasculharam cada pedaço. Era tudo o que os ingleses mais queriam: um submarino alemão abandonado às pressas sem tempo para destruir seu maior segredo.


Somente no dia seguinte, o comandante inglês descobriu que tinham conseguido fazer a maior captura. Ao abrir uma caixa preta encontrou uma máquina semelhante a uma máquina de escrever e mais um punhado de folhas... Os olhos do comandante tremiam. Na sua mão estava, nada mais nada menos, que a vitória dos Aliados. Lá estava a máquina decodificadora, Enigma, com seus códigos secretos. Para que os alemães não descobrissem que estavam de posse da máquina e assim modificassem os códigos, o comandante ordenou que "acidentalmente" fosse afundado o submergível negro quando estava sendo rebocado para a Inglaterra. Da tripulação alemã, 15 homens tinham morrido durante o ataque e 32 foram capturados. O capitão Lemp não sobreviveu.

 

Um grande  número de documentos secretos foram recuperados. U-110 foi capturado depois dado a chave de código Operação Florida e tinha um dos maiores segredos da guerra, a máquina Enigma. Esta operação permaneceu trinta anos em sigilo. Presidente Franklin D. Roosevelt só soube por Winston Churchill em Janeiro 1942.
 

  

    

  

  

 

 

 

 

 

 

Máquina Enigma